Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 6,33
Dólar R$ 5,61
Céu nublado com possibilidade de garoa de manhã. Aberturas de sol à  tarde e pancadas de chuva. À noite o tempo abre.
Belo Horizonte
25º 17º

Agregado Siderúrgico é usado em estradas rurais de Minas

O agregado misturado à terra deve ser aplicado com o uso de rolo compressor para fixar no chão

Patrol na estrada rural aplicando a escória
Máquina mistura e espalha agregado na estrada. A aplicação é fundamental para a durabilidade do serviço. (Foto: Cenibra)
Washington Bonifácio
21 de novembro de 2021
compartilhe

O projeto Caminhos do Vale da Usiminas, em Ipatinga, no Vale do Aço, tem mudado as vidas de muitos produtores rurais que antes sofriam com a dificuldade de acesso, principalmente em tempos de chuva.

A empresa desenvolveu um material a partir da escória de aciaria que quando misturado à terra e aplicado utilizando o rolo compressor, deixa a via em condições bem melhores que a antes. A vantagem do material é que ele dura por mais tempo na estrada rural, prevenindo o surgimento de buracos e evitando que as chuvas levem a terra para os rios.

Onibus passando na estrada feita com escória de aciaria

O escoamento da produção pode ser feito com mais segurança, no período chuvoso. (Foto: Usiminas)

Há 6 anos o programa tem destinado o agregado para a pavimentação de estradas rurais no Leste Mineiro. Esse material é doado para as cidades que fazem parte do projeto.

Novas parcerias

O sucesso da iniciativa sustentável foi tão grande que a Cenibra, também presente no Vale do Aço,  aderiu à iniciativa. Cidades como Santana do Paraíso, Ipaba, Naque e Marliéria recebem o apoio da empresa com maquinários e a aplicação do material. Até agora a empresa já recuperou mais de 50 quilômetros de estradas rurais.

“Constantemente a Cenibra procura exercer sua responsabilidade social para contribuir, de maneira prática, para a melhoria da qualidade de vida das comunidades”, comenta Emanuel Machado Siqueira, especialista de Infraestrutura.

Outras ações

Dentro do programa Usiminas Mobiliza pelo Trabalho, o agregado siderúrgico é doado para a fabricação de blocos intertravados pelos apenados do presídio de Timóteo (MG). Esse projeto, além de oferecer um destino ecologicamente adequado para o material, proporciona aos presos a oportunidade de aprender um novo ofício.

Bloco intertravados feitos com escória

Blocos intertravados são feitos por detentos e usados para calçar praças e ruas.  (Foto: Usiminas)

 

compartilhe