Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 5,41
Dólar R$ 5,15
Sol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens.
Belo Horizonte
23º 13º

Campanha promove Dia de Campo sobre citricultura

O evento contará com três estações de campo, que vão abordar as principais demandas dos citricultores da região

(Foto: Reprodução/TV Alterosa)
Guto Moreira
19 de junho de 2022
compartilhe

Na próxima terça-feira (21), a partir das 9h, a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) realiza um Dia de Campo sobre citricultura no sítio São José, em Campanha, no Sul de Minas. O evento é gratuito e não exige inscrição prévia.

Três estações de campo vão abordar as principais demandas dos citricultores da região, considerada um polo citrícola do estado. Campanha se destaca com uma produção média de 1,5 milhão de toneladas de tangerina Ponkan em áreas acima de mil hectares.

Na primeira estação, Ester Ferreira, pesquisadora da Epamig, vai comentar a importância da diversificação para a citricultura. Já o pesquisador da Embrapa, Eduardo Girardi, vai falar sobre a interação entre porta-enxerto e copa. Uma discussão sobre porta-enxertos Fly Dragon na citricultura será ministrado pelo também pesquisador da Embrapa, Eduardo Stuchi.

O que são porta-enxertos

A combinação copa e porta-enxerto é responsável por uma série de características das plantas, como resistência a pragas, doenças e seca, adaptação a solos com diferentes características físico-químicas, porte da planta, qualidade dos frutos e produtividade. Além disso, a qualidade das mudas é outro fator importante para uma citricultura de sucesso. A muda de boa qualidade deve estar enxertada sobre porta-enxerto cuja semente foi obtida de plantas registradas.

Mais informações: (35) 99929-8015 ou (35) 3829-1190.

compartilhe