Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 5,11
Dólar R$ 4,69
Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
Belo Horizonte
31º 18º

Citricultores citam problemas e reduzem previsão da safra de laranja

Nas maiores regiões produtores do país, problemas no clima afetaram desempenho das lavouras e deve comprometer resultado da safra

Em relação à estimativa inicial, previsão é de 30 milhões de caixas a menos. (Foto: Fundecitrus)
Ricardo Miranda
8 de janeiro de 2022
compartilhe

O Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus) recalculou a estimativa para a safra 2021/2022 de laranjas. O cinturão citrícola de São Paulo e Triângulo/Sudoeste mineiro deve produzir 264,14 milhões de caixas, uma redução de 1,39% em relação à estimativa anterior, divulgada em setembro. Na comparação com a primeira estimativa do ano, em maio de 2021, a diminuição foi de 10,21%, o equivalente a 30 milhões de caixas.

Problemas climáticos levaram à perdas nas lavouras. (Foto: Fundecitrus)

De acordo com a Fundecitrus, problemas climáticos explicam a diminuição da produtividade. Os produtores explicam que de maio a novembro do ano passado as chuvas ficaram 31% abaixo do esperado em todo o parque citrícola. “A estiagem reduziu o nível dos rios e reservatórios a ponto de prejudicar a disponibilidade de água até mesmo para os pomares com sistema de irrigação instalado, que abrangem mais de 30% da área do cinturão citrícola”, destacou Vinícius Trombin, coordenador da pesquisa do Fundecitrus.

Problemas nos frutos e na colheita

Nova reestimativa de safra será feita mês que vem. (Foto: Aline Proença)

Os produtores também relataram problemas ligados à queda prematura de frutos, principalmente entre outubro e novembro de 2021 após o retorno das chuvas. Na colheita, foi observada diminuição no tamanho das frutas, com peso médio de 142 gramas por laranja, 16% menor que o resultado das últimas cinco safras.

A próxima reestimativa de safra será em 10 de fevereiro de 2022.

 

compartilhe