Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 5,41
Dólar R$ 5,15
Sol com algumas nuvens. Não chove.
Belo Horizonte
22º 14º

Exportações de carne bovina brasileira já cresceram 55,9% este ano

Brasil exportou carne para 130 países, sendo que a China se mantém como principal comprador internacional da carne bovina brasileira

Faturamento com exportação de carne bovina cresceu 55,9% de janeiro a maio deste ano. (Foto: Seagri-RO)
Ricardo Miranda
20 de junho de 2022
compartilhe

De janeiro a maio deste ano as exportações de carne bovina brasileira cresceram 55,9% em faturamento, na comparação com o mesmo período de 2021. A informação é da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec) com base em dados da Secretaria de Comércio Exterior.

Nos cinco primeiros meses de 2022 as vendas de carne bovina para o exterior atingiram US$ 5,06 bilhões. De janeiro a maio do ano passado o faturamento foi de US$ 3,24 bilhões. Além do crescimento no faturamento, o volume de carne bovina embarcada para o exterior também subiu e passou de 710 mil toneladas de janeiro a maio do ano passado para 887,3 mil toneladas este ano, um aumento de 24,7%. “Isso mostra que a carne bovina brasileira está sendo cada vez mais valorizada no mercado internacional e que o Brasil está se consolidando como um importante parceiro comercial para os países compradores”, explica Antônio Jorge Camardelli, presidente da Abiec.

Carne bovina brasileira chegou a 130 países. (Foto: Seagri-RO)

Países parceiros

De acordo com a Abiec, a carne bovina brasileira chegou a 130 países. A China importou US$ 2,9 bilhões de janeiro a maio deste ano, uma alta de 91,3% em relação ao mesmo período do ano passado. O país asiático se mantém como principal mercado internacional para a carne bovina exportada pelo Brasil. Em relação ao volume embarcado pra lá o crescimento foi de 37,9%, passando de 317 mil toneladas para 437,4 mil toneladas.

Os Estados Unidos ocupam a segunda posição no ranking de países importadores de carne bovina brasileira, respondendo por US$ 471 milhões em compras, uma alta de 88% nos cinco primeiros meses de 2022. Foram 70,9 mil toneladas embarcadas para o mercado norte americano.

compartilhe