Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 5,33
Dólar R$ 5,13
Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde. À noite o tempo fica aberto.
Belo Horizonte
28º 15º

Governo libera recursos para destravar contratos do Plano Safra

Lei sancionada pela Presidência da República abre orçamento suplementar para atender programas do Ministério da Agricultura

Recursos serão usados para estimular a produção agrícola. (Foto: Mapa)
Ricardo Miranda
13 de maio de 2022
compartilhe

Um crédito suplementar de US$ 2,57 bilhões de reais do orçamento da União será liberado para atender programas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 14.336 de 2022 que abre o crédito suplementar, incluindo R$ 868,5 milhões para a equalização de juros do atual Plano-Safra 2021/2022.

Presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que destrava recursos para o Plano Safra. (Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil)

A liberação dos recursos vai permitir a reabertura de contratações de financiamentos rurais com recursos equalizáveis, que estavam suspensas desde o dia 7 de fevereiro deste ano. Com isso, o montante de R$ 24 bilhões represado neste período vai ser destinado à contratação e liberação de novos financiamentos.

Plano Safra 2021/2022

Os novos recursos liberados pelo Mapa vão atender ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), operações de custeio agropecuário, comercialização de produtos agropecuários e de investimento rural e agroindustrial voltadas ao Plano Safra 2021/2022.

Plano Safra 2021/2022 prevê a disponibilização de R$ 251,2 bilhões para o apoio à produção agropecuária nacional. (Foto: Mapa)

O Plano Safra 2021/2022 prevê a disponibilização de R$ 251,2 bilhões para o apoio à produção agropecuária nacional. Marcos Montes, Ministro da Agricultura, explicou que a liberação dos novos recursos para destravar os contratos vai ser um incentivo importante. Será de grande utilidade, destravando o Plano Safra 2021/2022 e com indicativo, se Deus quiser, muito fortes para que tenhamos também um Plano Safra 2022/2023 muito robusto. Porque a agricultura, sem dúvida alguma, é o carro-chefe da nossa economia”, destacou o Ministro.

compartilhe