Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 5,37
Dólar R$ 5,28
Sol com algumas nuvens. Não chove.
Belo Horizonte
27º 13º

Hortaliças são produzidas em experiência com pó de basalto

Mais de dois mil maços de rúculas e alfaces foram colhidos e doados para instituições sociais cadastradas pela Prefeitura de Uberlândia

Hortaliças foram plantadas com uso de pó de basalto no solo. (Foto: Prefeitura de Uberlândia)
Ricardo Miranda
4 de agosto de 2022
compartilhe

A Prefeitura de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, realiza desde 2019 uma pesquisa sobre o uso de pó de basalto como remineralizador do solo. O produto foi aplicado em terras da Fundação de Excelência Rural de Uberlândia (Ferurb), onde há alguns dias foram colhidos mais de dois mil maços de hortaliças. 70 caixas com rúculas e alfaces foram doadas.

Alfaces e Rúculas foram doadas a instituições sociais da cidade. (Foto: Prefeitura de Uberlândia)

As hortaliças foram plantadas e colhidas sem o uso de nenhum tipo de agrotóxico, a partir de uma parceria entre a Secretaria de Agronegócio, Economia e Inovação com a Universidade Federal de Uberlândia (UFU). “Em 2019, começamos uma pesquisa para comprovar a eficiência do pó de basalto na remineralização do solo, o que levou nossa cidade a ser o primeiro Polo Agromineral Verde do Brasil. Isso é tudo que o mundo precisa: um agronegócio mais produtivo e com menos uso de defensivos”, ressaltou o prefeito Odelmo Leão.

Ajuda importante

Após a colheita das hortaliças, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação, fez a doação da colheita para 15 instituições sociais cadastradas pela prefeitura. “O experimento contou com a utilização do pó de basalto sob orientação minuciosa e preciosa da Secretaria de Agronegócio, Economia e Inovação. Após as análises da nossa olericultura, toda a produção está sendo doada compondo a alimentação de várias entidades carentes, com o auxílio efetiva da Secretaria Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação”, explica Carlos Nazareno, diretor geral da Ferurb.

compartilhe