Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 5,40
Dólar R$ 5,13
Sol com algumas nuvens. Não chove.
Belo Horizonte
26º 13º

Obras vão facilitar escoamento da produção agrícola em Minas

Governo de Minas assinou esta semana a ordem de serviço para o início das obras na LMG-680 na região Noroeste do estado

Na região estão instaladas duas usinas de beneficiamento de cana de açúcar. (Foto: DER-MG)
Ricardo Miranda
22 de junho de 2022
compartilhe

Foi assinada esta semana a ordem de serviço para início das obras de pavimentação de 68 quilômetros da LMG-680 entre Paracatu e Brasilândia de Minas, no Noroeste do estado. Também será construída uma ponte sobre o rio Paracatu. As melhorias vão facilitar o escoamento da produção agrícola da região, que faz parte de um dos mais importantes polos sucroalcooleiros do país, com a maior área irrigada do Brasil.

Obras do programa estão sendo feitas em 99 locais do estado. (Foto: DER-MG)

A área irrigada da região possui aproximadamente 73 mil alqueires de terra. Na região estão instaladas duas usinas de beneficiamento de cana de açúcar. “A pavimentação da LMG-680 será mais uma rota de ligação entre as regiões Norte e Noroeste do Estado de Minas Gerais e passará por área com alta capacidade de desenvolvimento do agronegócio”, destaca Robson Santana, diretor-geral do DER-MG.

Com a assinatura da ordem de serviço, a empresa responsável pela obra pode começar a montagem do canteiro de obras, contratar mão de obra e levar o maquinário para o local. O início do serviço nas pistas está previsto para o mês de agosto.

Provias

As obras na LMG-680 fazem parte do Provias, um programa do governo do estado que tem o objetivo de reverter a situação precária de várias rodovias em Minas. Ao todo serão investidos R$ 2 bilhões, em 99 obras no estado.

Do total do investimento, R$ 1,4 bilhão foram repassados pelo acordo judicial de compensação da Mineradora Vale por conta da tragédia de Brumadinho. Além disso, R$ 120 milhões vieram do acordo entre a Fundação Renova e o governo do estado. O programa contará ainda com recursos de emendas parlamentares estaduais e federais.

compartilhe