Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 5,32
Dólar R$ 4,77
Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
Belo Horizonte
31º 17º

Produtores buscam reduzir custos com uso de biofertilizantes

Emater realizou o 1º Encontro sobre Transição Agroecológica, na cidade de Cataguases

De acordo com a CNA, o valor dos fertilizantes subiu mais de 100%, de janeiro a setembro deste ano (Foto: Emater)
Vivia de Lima
22 de dezembro de 2021
compartilhe

Levantamento da Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), mostrou que o valor dos fertilizantes subiu mais de 100%, de janeiro a setembro deste ano. A disparada do preço dos fertilizantes em 2021 tem levado muitos produtores a procurarem soluções mais econômicas para adubar as lavouras, sem comprometer a produtividade. Com isso, segundo a Emater (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural), tem crescido o interesse pelo uso de práticas agroecológicas e biofertilizantes, principalmente nas pequenas propriedades. Nos últimos meses, a Emater informou ter recebido uma grande demanda na área e por isso realizou cursos e treinamentos no 1º Encontro sobre Transição Agroecológica, na cidade de  Cataguases, na Zona da Mata.

Aos produtores foi apresentado um novo conceito de fertilização do solo, com a produção livre de agrotóxicos, por meio de preparos, compostos e biofertilizantes, que são adubos produzidos na propriedade, utilizando materiais existentes no local como esterco, leite, cinzas e outros. Além da aula prática, os participantes receberam uma apostila com informações e receitas para utilizarem no dia a dia de suas propriedades.

Nos últimos anos, no Brasil, tem crescido bastante o uso de bioinsumos. Além de compostos orgânicos, há micro-organismos utilizados para o controle de pragas e doenças, que também integram a linha agroecológica. Também entram nessa família a criação e multiplicação de insetos, fungos e bactérias que são usados no controle de pragas e doenças, em substituição aos agrotóxicos.

compartilhe