Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 5,41
Dólar R$ 5,13
Sol com algumas nuvens. Não chove.
Belo Horizonte
26º 13º

Termina no próximo dia 30/06 a vacinação contra brucelose

A expectativa é imunizar mais de 1 milhão no primeiro semestre, superando a quantidade alcançada no ano de 2021, de 1.071.000 fêmeas vacinadas

(Foto: IMA)
Guto Moreira
21 de junho de 2022
compartilhe

O prazo da imunização de fêmeas bovinas e bubalinas de 3 a 8 meses de idade contra brucelose se encerra no dia 30 de junho, informa o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), órgão responsável pela coordenação e acompanhamento das campanhas de vacinação contra brucelose em Minas Gerais. O produtor deve declarar a vacinação até 10 de julho por e-mail ou presencialmente em uma unidade regional do IMA.

A médica veterinária Luciana Oliveira, coordenadora do Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e da Tuberculose Animal (PNCEBT), explica o panorama atual do cenário da vacinação em Minas Gerais.

“Os produtores precisam se lembrar que a brucelose é uma doença de caráter zoonótico, ou seja, pode ser transmitida do animal para o ser humano. A vacina é uma ferramenta extremamente eficaz para prevenir a enfermidade em nossos rebanhos. Cerca de 65% dos animais imunizados ficam protegidos e não disseminam a doença. A vacina é de fácil acesso e amplamente distribuída no estado de Minas Gerais, com cerca de 3 milhões de doses disponíveis”, comentou.

De acordo com levantamento realizado pelo IMA, cerca de 945 mil fêmeas já foram vacinadas. O balanço final será divulgado após o dia 10 de julho, data limite do envio da declaração pelo produtor. A expectativa é imunizar mais de 1 milhão no primeiro semestre, superando a quantidade alcançada no ano de 2021, de 1.071.000 fêmeas vacinadas.

O produtor que não vacinar contra brucelose pode ser multado em 25 Ufemg’s, o equivalente a R$ 119,26/bezerra. Já o produtor que deixar de declarar a vacinação contra brucelose ao IMA está sujeito a multa em 5 Ufemg’s, valor de R$ 23,85/bezerra.

Veja também: Minas suspende vacinação contra a aftosa.

Minas Gerais suspende a vacinação contra a febre aftosa em 2023

compartilhe