Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 5,41
Dólar R$ 5,15
Sol com algumas nuvens. Não chove.
Belo Horizonte
27º 12º

Agricultura familiar terá destaque em novo Complexo Cultural

Serão investidos cerca de R$ 2 milhões para a construção do espaço, que deve ficar pronto até o fim do ano que vem

Gastronomia Rural também será destaque no Complexo. (Foto: Dirceu Aurélio / Imprensa MG)
Ricardo Miranda
18 de junho de 2022
compartilhe

Foi assinada, em Itapecerica, na região Centro-Oeste do estado, a ordem de serviço para início da constru;ção do Complexo Cultural do município. O BDMG, Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais, autorizou a liberação de cerca de R$ 2 milhões para financiar a obra, que vai contar com três espaços, entre eles o Mineirinho, um mercado municipal para dar espaço e valorizar a agricultura familiar do município.

Objetivo da prefeitura é criar um espaço para comercialização dos produtos da agricultura familiar. (Foto: Ricardo Miranda)

De acordo com a prefeitura, a intenção do projeto é dar espaço para a comercialização do que é produzido pelos agricultores do município e, assim, estimular o setor. O Complexo Cultural vai contar ainda com outros dois espaços. “Vai englobar o Mercado Municipal, com os produtos da agricultura familiar e o artesanato da nossa cidade, um centro gastronômico para promover a culinária da roça, tradicional no município, e ainda um memorial para contar a história de Itapecerica”, explica Têko, prefeito da cidade.

Festival de Gastronomia Rural

A assinatura da ordem de serviço aconteceu durante a abertura do 14º Festival de Gastronomia Rural de Itapecerica, que termina amanhã. A solenidade contou com a participação do governador Romeu Zema e o Secretário de Estado de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira.

Secretário de Turismo (à esquerda), Prefeito de Itapecerica (ao centro) e Governador de Minas (à direita) durante assinatura da ordem de serviço. (Foto: Dirceu Aurélio / Imprensa MG)

Segundo a prefeitura, o Festival conta com cerca de 70 expositores, que servem ao público as receitas da culinária rural. São esperadas 60 mil pessoas na cidade até o fim do evento. “Estamos observando, nesses últimos três ou quatro meses, uma retomada surpreendente nas cidades que dependem do turismo. Hotéis com lotação total e bastante movimento, o que é fundamental para a economia, neste momento de retomada após anos difíceis de pandemia”, destacou o governador Romeu Zema.

Com a construção do Complexo Cultural, a intenção é que as tradições da culinária rural e a agricultura familiar, atraiam ainda mais turistas e movimentem a economia do município. “Estamos crescendo no turismo o dobro da média nacional. E boa parte do faturamento é impulsionado pela gastronomia rural e pela produção da agricultura familiar”, afirma o Secretário Leônidas Oliveira.

 

compartilhe