Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 6,42
Dólar R$ 5,67
Sol com muitas nuvens. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
Belo Horizonte
26º 17º

Agronegócio atinge US$ 10,1 bilhões de exportações em setembro

O valor é 21% maior que o registrado no mesmo período do ano passado e foi puxado pela soja e pela carne

Agronegócio bate recorde de exportações. (Foto: MAPA)
Ricardo Miranda
19 de outubro de 2021
compartilhe

No mês passado o agronegócio brasileiro exportou US$ 10,1 bilhões, um recorde da série histórica. O valor é 21% maior que o exportado em setembro de 2020. Analistas avaliam que a alta das cotações internacionais ajuda a explicar o crescimento, apesar da quantidade de produtos exportados no período ter reduzido 5,1%.

Exportações de soja puxaram crescimento. (Foto: Madson Maranhão)

A soja e as carnes foram os grandes destaques nas exportações do mês. Segundo a Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o valor exportado pelo agronegócio cresceu US$ 1,91 bilhão em setembro de 2021.

Se por um lado as exportações do agronegócio atingiram o recorde histórico, por outro, a participação do setor na balança comercial brasileira caiu. Em setembro de 2020, o agro respondia por 45,8% das exportações brasileiras. Em 2021 o percentual caiu para 41,6%. O MAPA avalia que o resultado é consequência do forte crescimento das exportações de outros produtos na balança comercial devido ao aumento dos preços internacionais de commodities.

Em setembro de 2021 o agronegócio foi responsável pela importação de US$ 1,21 bilhão em mercadorias, um aumento de 19,2% na comparação com o mesmo período do ano passado. “Estes valores também foram impactados pela alta dos preços médios de diversos produtos, como nos casos do trigo (+24,7%) e óleo de palma (+77,7%)”, conclui o MAPA.

Exportações de carne atingiram recorde da série histórica. (Foto: Iagro MS)

Setores em destaque

O complexo soja foi o principal destaque exportador do agronegócio brasileiro em setembro, com aumento de 50% no volume de produtos vendidos para o exterior. As exportações de carnes (bovina, suína e de frango) também atingiram um recorde para a série histórica.

A exportação do setor de carnes segue em crescimento acelerado. “O Brasil nunca havia exportado mais de US$ 2 bilhões em meses de setembro. Em 2021, as vendas externas de carnes no mês foram de US$ 2,21 bilhões, com expansão de 62,3% em relação a setembro de 2020. As exportações de carne bovina tiveram a maior contribuição nas vendas externas do setor, subindo de US$ 668,20 milhões em setembro de 2020 para US$ 1,19 bilhão em setembro de 2021 (+77,7%). Houve recordes no valor e no volume exportados (212 mil toneladas), além de alta expressiva no preço médio de exportação (+39,3%)”, finaliza o MAPA.

 

compartilhe