Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 6,40
Dólar R$ 5,54
Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.
Belo Horizonte
23º 16º

Bate-papo virtual aborda experiências de produção agroecológica e orgânica

A transmissão completa do encontro está disponível no Youtube

Projeto busca dialogar com agricultores familiares e a sociedade sobre a agroecologia (Foto: PJF).
Vivia de Lima
8 de outubro de 2021
compartilhe

Aconteceu em Juiz de Fora o primeiro evento do projeto “Agroecologia em Rede”. O bate-papo virtual, transmitido pelo Google Meet, apresentou discussões entre agricultores para compartilharem as experiências vivenciadas no segmento. A transmissão está disponível no YouTube da PJF.

Foi apresentado o trabalho de uma rede formada por agricultores, associações e instituições públicas e do terceiro setor que fazem a Agroecologia ser uma realidade em Juiz de Fora e região. Foi uma oportunidade para entender o que é a Agroecologia, as experiências práticas e outras ferramentas fundamentais para o desenvolvimento da Agroecologia na cidade. As ações contam com a parceria da Emater (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais), do Núcleo de Ensino e Pesquisa em Agroecologia (Nepa), das associações Monte de Gente Interessada em Cultivo Orgânico (Mogico), Orgânicos da Mata e da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da Universidade Federal de Juiz de Fora (Intecoop/UFJF).

Manejo sustentável

O projeto Agroecologia em Rede busca dialogar com agricultores familiares e a sociedade sobre a agroecologia, com ações, oficinas e encontros, trabalhando com políticas de apoio à agricultura familiar, à agroecologia e, consequentemente, à promoção da segurança alimentar e nutricional sustentável.  Além de não usar os agroquímicos, a agroecologia baseia-se no manejo sustentável, valoriza as sementes tradicionais e cultiva alimentos em harmonia com a natureza e a cultura local. Além disso, a agroecologia tem dimensões que extrapolam o viés produtivista, nela podemos identificar aspectos ecológicos, sociais, econômicos, políticos e culturais.
compartilhe