Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 5,42
Dólar R$ 5,13
Sol com algumas nuvens. Não chove.
Belo Horizonte
27º 15º

Cafeicultores apresentam demandas ao presidente do Senado

A comitiva das Matas de Minas pediu empenho político do Senado Federal para resolver crise no setor

senador e demais políticos
O presidente do Senado Federal disse que vai dar atenção ao setor. (Foto: Sistema FAEMG)
Washington Bonifácio
9 de maio de 2022
compartilhe

Uma comitiva de cafeicultores da Região das Matas de Minas se reuniu, na semana passada, com presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, para pedir ajuda política para setor cafeeiro que tem enfrentado intempéries climáticas e alta nos preços dos fertilizantes. Os dois fatores afetam diretamente o produtor na hora de quitar as dívidas.

“Há um problema seríssimo enfrentado pelos cafeicultores de Minas Gerais e uma necessidade premente de socorro a esse setor. Minas e outros estados da federação têm produção de café e nós vamos recorrer ao governo federal para um alinhamento dos Poderes Legislativo e Executivo para lançarmos um programa de socorro a esses cafeicultores para que possam honrar os seus compromissos”, destacou o Senador Rodrigo Pacheco, presidente do Senado Federal

Cadeicultores e politicos

Os cafeicultores querem uma medida para parcelamento de dívidas. (Foto: Sistema FAEMG)

Comitiva

A cafeicultura é uma das principais atividades econômicas de Minas Gerais e enfrenta uma crise que se torna mais aguda por conta dos efeitos da pandemia da Covid-19. Por causa dessas dificuldades, muitos produtores não conseguiram fechar as contas. A comitiva das Matas de Minas formada pelo presidente Sindicato Rural de Manhumirim, Eric Ker Werner; o consultor de Cafeicultura e Presidente da SCAMG, Flávio Borela Pena; o cafeicultor, Odeir Schott Filho; o engenheiro agrônomo e cafeicultor Mauro Heringer; o consultor de Cafeicultura, Moisés de Souza Dornelas; o cafeicultor, Euler Soares Pinto e o Arnaldo Bottrel Reis, presidente da Comissão Técnica de Cafeicultura do Sistema FAEMG, foi pedir empenho político do Senado Federal para amenizar os problemas enfrentados pelo setor.

“Foi uma conversa longa, esclarecendo as nossas solicitações, ideia e pensamentos. Recebemos diversos questionamentos por parte do senador, para entender melhor o cenário que a cafeicultura enfrenta e sobre as entregas futuras. Nosso direcionamento é buscarmos parcelamento das dívidas. Estamos bastante otimistas, e o senador se dispôs a nos ajudar imediatamente. Ele irá avaliar como inserir a ajuda em um projeto de lei, ou uma medida provisória, para garantir o suporte aos cafeicultores com a maior agilidade possível”, disse Arnaldo Bottrel Reis, presidente da Comissão Técnica de Cafeicultura do Sistema FAEMG.

Veja a entrevista do presidente do Senado sobre o encontro:

compartilhe