Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 5,43
Dólar R$ 5,15
Sol com algumas nuvens. Não chove.
Belo Horizonte
27º 12º

Conselheiro Pena vai exportar gengibre para os EUA

Este é o primeiro plantio da cultura na região que já tem comprador previsto

Homem segura o gengibre
Vários produtores plantaram e faltam apenas dois meses para a colheita. (Foto: Washington Bonifácio)
Washington Bonifácio
10 de maio de 2022
compartilhe

Os produtores rurais de Conselheiro Pena, no Vale do Rio Doce, na região Leste de Minas, aceitaram um novo desafio. A região, que tem a pecuária leiteira e o café como principais culturas, agora está apostando também no gengibre. O secretário municipal de agricultura, Geraldo Rios, apresentou a ideia aos produtores. Ele e o vereador Ronei Carlos (Podemos) são os percursores do projeto que promete mudar a realidade econômica de várias famílias da região, por meio da agricultura. De acordo com o secretário, o plano é vender para a iniciativa privada.

pessoas no plantio de gengibre

Várias famílias entraram no projeto e plantaram o gengibre. Na foto, produtores rurais, o vereador Ronei e o secretário Geraldo. (Foto: Washington Bonifácio)

Gengibre

A raiz tem sido vista como uma ótima oportunidade de negócio para os produtores. Eles já se preparam para vendê-la para a iniciativa privada. Para mostrar que este é um projeto confiável, o vereador Ronei Carlos, que também é produtor rural, abriu o caminho plantando no terreno dele. O mesmo foi feito pelos demais produtores. Já está quase na hora da colheita.

“Daqui a dois meses, nós vamos colher o gengibre e fazer a estimativa de produção”, disse Ronei Carlos.

A ideia é colher o gengibre de uma determinada área e fazer os cálculos multiplicando a quantidade de quilos colhidos pelas demais áreas plantadas, para assim saber quanto cada produtor vai ter de lucro com o plantio. A empresa compradora é do Espírito Santo e já informou que não vê a hora de chegar a colheita. O gengibre de Conselheiro Pena será exportado para os Estados Unidos da América.

“Pra nós é uma honra saber que um produto nosso está sendo levado para tão longe e dando renda aos nossos produtores”, finaliza o vereador e produtor rural Ronei Carlos.

Ronei com o gengibre na mão

Ronei mostra o gengibre ao lado do Geraldo Rios. (Foto: Washington Bonifácio)

Setor público compra de produtores

Além do projeto do gengibre, a compra de hortaliças pelo município e o estado tem sido outro incentivo aos produtores. A primeira ação desenvolvida foi regularizar as associações de moradores para que os trabalhadores pudessem participar dos programas de aquisição de alimentos do governo.

A prefeita Nádia Filomena Dutra França contou ao Portal Uai Agro que foi diretora escolar durante 18 anos e que sempre quis comprar dos produtores, mas não conseguia. Quando entrou para a política, ela apresentou essa demanda à equipe de trabalho como uma prioridade no governo.

“É preciso entender que o desenvolvimento econômico está no campo. Então nós precisamos valorizar o trabalhador rural e dar condição para que ele trabalhe e desenvolva todo o nosso município”, disse a prefeita.

Prefeita, jornalista e cinegrafista

Em entrevista, a prefeita contou que os produtores estão empolgados com o momento que vivem no campo. (Foto: Geraldo Rios)

Como funciona

Os produtores já conhecem as normas com relação à qualidade dos alimentos. Eles plantam, colhem e a prefeitura busca nos distritos. Para este ano, já existe uma venda prevista no valor de R$ 500 mil incluindo compras das escolas municipais e estaduais. Esse dinheiro será entregue às associações que vão dividir a verba entre os produtores, de acordo com as entregas.

“Nós da secretaria damos aos produtores todas as orientações de plantio e preparação da terra. A gente ajuda também na montagem dos projetos para concorrer na chamada pública. Estamos planejando melhorar ainda mais esse atendimento nos próximos meses”, revela Geraldo Rios, secretário de agricultura.

Município é premiado por gestão no campo

Com o andamento dos projetos, a prefeita de Conselheiro Pena ganhou o troféu de 1º lugar no Prêmio Prefeito Empreendedor do Sebrae, na categoria Compras Governamentais. A premiação foi em Belo Horizonte e aconteceu neste ano. O evento reconhece os gestores que se destacam, em Minas Gerais. Ela recebeu a premiação, por causa do trabalho desenvolvido na zona rural da cidade.

“O interessante é que eles vêm até à cidade para conferir se as informações apresentadas lá são verdadeiras. Aí viram que realmente o trabalho é muito sério e tem sido inovador”, disse a prefeita.

Nadia e prefeitos

Prefeita Nádia Filomena Dutra França entre os demais prefeitos que participaram do concurso. (Foto: Sebrae)

compartilhe