Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 6,44
Dólar R$ 5,67
Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.
Belo Horizonte
25º 17º

IBRAFE prevê cenário positivo no feijão para produtores em 2022

Marcelo Lüders fala sobre a importância do Feijão Longa Vida na estabilização do mercado

Feijão carioca
A live acontece às 17h. (Foto:Sebastião Araujo Embrapa)
Washington Bonifácio
4 de outubro de 2021
compartilhe

O presidente do Instituto Brasileiro do Feijão e dos Pulses (IBRAFE), Marcelo Eduardo Lüders, publicou um vídeo, nesse fim de semana, falando sobre o cenário dos grãos atualmente e as previsões para 2022. Segundo o gestor, no próximo ano, o feijão vai entregar uma rentabilidade boa para os produtores.

Lüders defende também a tecnologia do Feijão Longa Vida como estratégia de mercado e qualidade vida.

Presidente do Ibrafe

“O mercado do feijão passou por uma revolução tremenda depois desses feijões”, diz Lüders sobre Longa Vida. (Foto: Ibrafe)

O que é o Feijão Longa Vida

Você já percebeu que, com passar do tempo, o feijão escurece na gôndola dos supermercados? Ao ser deixado nas prateleiras, ele se torna mais difícil de cozinhar e fica oxidado também. Há quem goste do alimento assim, porém  a maioria procura os grãos mais claros. É aí que está a grande questão. Os feijões comuns, produzidos anos atrás, escureciam mais rapidamente e as perdas eram inevitáveis.  Hoje a pesquisa científica já desenvolveu grãos menos perecíveis.

Segundo Marcelo Lüders, a tecnologia do feijão de escurecimento lento ajudou a segurar o mercado, pois antes o feijão que é uma leguminosa se comportava como um hortifrúti, pela perecibilidade. Hoje a durabilidade da mercadoria permite a absorção pelo mercado e evita perdas.

“Esses feijões são uma tecnologia muito avançada. Isso é notório porque nos EUA, Canadá e México conheço agricultores, empacotadores, indústrias e sei que no feijão pinto peans eles não conseguiram ainda o que foi conseguido aqui no Brasil com esses feijões longa Vida”, disse

Veja o vídeo:

O presidente do Ibrafe vai transmitir, ao vivo, do canal dele no YouTube falando mais sobre os tratos culturais de agora para se ter bons retornos no próximo ano. A live será amanhã (05), às 17h. Assista clicando aqui.

IBRAFE

O IBRAFE tem por finalidade o acesso, a centralização, o estímulo e a divulgação da ciência e da tecnologia que beneficiem a cadeia do feijão. A instituição surgiu da necessidade do setor feijoeiro ter uma interlocução que atuasse em  favor do grão. Uma de suas primeiras conquistas foi a redução do ICMS sobre o feijão, chegando a 1% em alguns estados e até mesmo a zero em outros. Esse incentivo fiscal foi o primeiro passo de muitos em direção às melhorias para a cadeia. Atualmente, sua atuação tem se estendido aos demais Pulses: ervilha, lentilha e grão-de-bico.

compartilhe