Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 5,15
Dólar R$ 4,66
Sol com muitas nuvens. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
Belo Horizonte
30º 17º

Mais de 8 mil pessoas recebem alimentos da agricultura familiar, em Muriaé

Cidade passa agora a beneficiar mais de 8 mil famílias integrantes do programa Cesta Cheia

Programa auxilia famílias que estão em vulnerabilidade social (Foto: Divulgação)
Vivia de Lima
28 de fevereiro de 2022
compartilhe

Mais 190 famílias serão incluídas no programa Cesta Cheia, em Muriaé, na Zona da Mata mineira, que já tem outras 1.400 cadastradas. Com as novas inserções, a cidade passa a ter uma média de 8 mil pessoas beneficiadas com alimentos frescos, saudáveis e sem agrotóxicos, adquiridos da Agricultura Familiar. As próximas entregas acontecem em 8 de março.

As cestas entregues pelo programa têm oito quilos de legumes, duas verduras e um litro de leite. Os alimentos são distribuídos todas as terças e quintas-feiras, a cada 15 dias, pelo valor simbólico de R$5. O projeto tem o objetivo de garantir qualidade nutricional, ampliando políticas de inclusão social no município.

Ampliação do programa

O benefício chegará aos bairros João XXIII, São Pedro, Encoberta, Santo Antônio, União, Napoleão, Santa Terezinha, Dornelas, José Cirilo, Joanópolis, Barra (Prainha e Fardelas), São Joaquim, Planalto, Safira, Padre Thiago, Marambaia, Inconfidência, Santana, Bom Pastor, Cardoso de Melo, São Cristóvão, Gaspar/Santa Luzia, Patrimônio São José e Aeroporto, assim com os residenciais Francisco Navarro e João Braz (Dornelas II) e o Nova Muriaé. O benefício chega também nos distritos de Bom Jesus, Macuco, Itamuri, Pirapanema e Vermelho.

O programa Cesta Cheia é uma parceria entre as secretarias de Agricultura e Meio Ambiente e de Desenvolvimento Social, em que uma faz a aquisição e seleção de alimentos de qualidade, cuida da licitação e distribui os produtos, realiza visitas e faz os registros daquelas famílias que estão em condições de vulnerabilidade social.

Cronograma de entregas:

Grupo 1 – Terça-feira: 08/03 – 22/03 – 05/04 – 19/04 – 03/05 – 17/05 – 31/05 – 14/06 – 28/06

João XXIII – 8h30 – no local do antigo sopão

São Pedro – 8h30 – pracinha

Encoberta – 9h – em frente ao Caic

Santo Antônio – 9h30 – na entrada da Rua Professora Ivonilde

União – 9h – no final da Rua Narciso Dias Rabelo

Napoleão – 9h30 – próximo à Igreja Testemunhas de Jeová

Santa Terezinha – 13h – Campo do Operário

Bom Jesus da Cachoeira – 13h – próximo à igreja

Grupo 2 – Quinta-feira: 10/03 – 24/03 – 07/04 – F – 05/05 – 19/05 – 02/06 – F – 30/06

Dornelas e José Cirilo – 9h – no lote vago da avenida principal do bairro

Joanópolis – 9h30 – atrás da creche

Macuco – 13h – praça do distrito

Barra (Prainha/Fardelas) – 13h – entrada da Prainha e parte alta da Rua Fardelas

São Joaquim – 10h – campo de terra

Planalto/Safira – 13h30 – na praça do Planalto

Grupo 3 – Terça-feira – 15/03 – 29/03 – 12/04 – 26/04 – 10/05 – 24/05 – 07/06 – 21/06

Itamuri – 9h – em frente ao Salão Paroquial

Padre Tiago – 9h – em frente à escola

Marambaia – 9h30 – em frente à igreja

Inconfidência – 10h – antiga UBS

Santana e Bom Pastor – 13h – próximo à escola e UBS

Cardoso de Melo – 13h10 – em frente UBS

Nova Muriaé – 13h30 – entrada do residencial

Pirapanema/Vermelho – 14h /14h30 – em frente à UBS e chafariz

Grupo 4 – Quinta-feira – 17/03 – 31/03 – F – 28/04 – 12/05 – 26/05 – 09/06 – 23/06

São Cristóvão – 9h – Rua Itália (abaixo do campo de futebol)

Gaspar/Santa Luzia – 9h – em frente a oficina do Luizin

Residencial Francisco Navarro/João Braz – 10h – centro de convivência do local

Patrimônio São José – 13h – Rua Prefeito Francisco Theodoro Filho (bar do Luciano)

Boa Família – 13h – em frente à UBS

Aeroporto – 13h30 – próximo à UBS e em frente à escola

compartilhe