Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 5,26
Dólar R$ 5,06
Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde. À noite o tempo fica aberto.
Belo Horizonte
28º 15º

Padrão oficial de classificação do Café Torrado é criado pelo Mapa

Mesmo o Brasil sendo o maior produtor mundial de café, não havia ferramenta legal para o controle oficial da qualidade do café torrado

(Foto: Reprodução/Mapa)
Guto Moreira
13 de maio de 2022
compartilhe

Nesta semana, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) estabeleceu o regulamento técnico do café torrado no Brasil. Publicado no Diário Oficial da União, o documento define o padrão oficial de classificação do produto, com os atributos identidade e qualidade, amostragem, modo de apresentação e marcação ou rotulagem.

Mesmo o Brasil sendo o maior produtor mundial de café, não havia ferramenta legal para o controle oficial da qualidade do café torrado. O ministro interino da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Márcio Eli, disse que a normativa não é uma intervenção do governo, mas sim uma conquista da cadeia produtiva do café. “O Governo é um colaborador na construção do fortalecimento do setor”, comentou.

Já o vice-presidente da Comissão de Café da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Thiago Orletti, disse que a classificação é um marco importante para o agronegócio brasileiro.

“Se somos um grande produtor de café com tanta qualidade, precisamos desse avanço e dessa padronização no setor. Esse é um compromisso que estamos assumindo com o consumidor”, finaliza.

Padrão Oficial de Classificação do Café Torrado

A partir de 1º de janeiro de 2023, o órgão fiscalizador poderá verificar e controlar a qualidade, as condições higiênico-sanitárias e a identidade dos produtos de origem vegetal oferecidos aos consumidores, o que pode ainda aumentar o consumo e a exportação desse produto. O objetivo é a garantia da qualidade do café torrado para todos os tipos de cafés.

compartilhe