Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 5,41
Dólar R$ 5,15
Sol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens.
Belo Horizonte
25º 15º

Propriedades rurais de Minas serão avaliadas em projeto da Embrapa

Indicadores de pastagens e das áreas de reserva legal e preservação permanente serão avaliados nas visitas dos técnicos

As equipes vão visitar as propriedades no período de estiagem e também na época de chuvas. (Foto: Senar)
Ricardo Miranda
19 de junho de 2022
compartilhe

Um estudo da Embrapa Cerrados vai analisar o desempenho de indicadores do programa FIP Paisagens Rurais em propriedades do Triângulo Mineiro. Ao todo, 40 fazendas foram selecionadas para participar da avaliação, para verificar como a iniciativa está modificando a paisagem no local e orientar na tomada de decisões.

Embrapa e Senar vão enviar técnicos até as propriedades. (Foto: Senar)

A Embrapa vai enviar técnicos para visitas às propriedades junto com as equipes do Senar Minas, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural. Nas 40 propriedades assistidas pelo FIP Paisagens Rurais vão ser avaliados indicadores sobre as pastagens e também áreas de reserva legal e de preservação permanente. Atualmente o programa oferece assistência a 1630 produtores em 12 municípios da Bacia do Rio Tejuco, no Triângulo Mineiro.

De acordo com a Embrapa, a região foi selecionada para receber a avaliação do programa devido ao grande número de produtores inseridos no projeto e pela diversidade nos sistemas de produção. O objetivo é reunir informações para verificar como o FIP está ajudando a modificar a paisagem da região e, a partir disso, orientar na tomada de decisões.

Em todo o Brasil o FIP Paisagens tem cerca de 4 mil produtores cadastrados. A análise será feita em 1% do total de assistidos. Desde o início do projeto o Instituto de Pesquisas Espaciais (INPE) já realiza um monitoramento via satélite. “A Embrapa trouxe a possibilidade de aplicar outra metodologia que irá complementar esta análise via satélite, com observações em campo, levantando indicadores produtivos e ambientais. Isso irá nos possibilitar enxergar uma realidade que, talvez, o sensoriamento remoto não permite. Teremos uma certeza maior dos resultados observados e da eficiência do trabalho, avaliando o objetivo principal do projeto que é a gestão integrada da paisagem rural”, destaca o pesquisador Luiz Cordeiro.

Projeto oferece Assistência Técnica a pecuaristas. (Foto: Senar)

FIP Paisagens Rurais

O Projeto de Gestão Integrada da Paisagem no Bioma Cerrado – FIP Paisagens Rurais, recebe recursos do Programa de Investimento Florestal, através do Banco Mundial. O SENAR oferece 4 mil vagas de Assistência Técnica e Gerencial para pecuaristas da bovinocultura de leite e de corte em bacias selecionadas como prioritárias.

“O foco do Projeto Paisagens Rurais é a gestão integrada da paisagem do Bioma Cerrado, preparando o produtor rural para recuperar e conservar a vegetação de Áreas de Preservação Permanente (APPs) e Reserva Legal, além de incentivar a adoção de tecnologias de baixa emissão de carbono”, destaca o SENAR.

compartilhe