Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 5,41
Dólar R$ 5,13
Sol com algumas nuvens. Não chove.
Belo Horizonte
27º 12º

Quase 300 agricultores familiares são atendidos pela Emater de Ouro Preto

São mais de 6,3 mil atendimentos anuais prestados pelos técnicos locais

Moradores de ouro Preto e entorno são atendidos há 50 anos pela Emater (Foto: Divulgação).
Vivia de Lima
10 de maio de 2022
compartilhe

O escritório da Emater-MG em Ouro Preto completa 50 anos de atividades em maio. Para comemorar a data, produtores rurais se reuniram na Casa da Ópera com o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Thales Fernandes, o presidente da Emater-MG, Otávio Maia, o prefeito Angelo Oswaldo e técnicos da Emater-MG. A Casa da Ópera, inaugurada em 1770, é considerada o mais antigo teatro em funcionamento das Américas.

O escritório da Emater-MG em Ouro Preto atende, por ano, cerca de 270 agricultores familiares e presta apoio na comercialização de produtos produzidos por eles. São mais de 6,3 mil atendimentos anuais prestados pelos técnicos locais, cujas principais atividades são a bovinocultura de leite e corte, produção de doces, fruticultura, apicultura e o plantio de milho, feijão e cana-de-açúcar. São desenvolvidas atividades como avicultura, produção de artesanato e cultivo de hortaliças.

Alimentação escolar

Uma das frentes de trabalho é o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). A lei que regulamenta o programa estabelece que o mínimo 30% dos recursos repassados aos estados e municípios pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), para a alimentação escolar, devem ser utilizados na compra de alimentos produzidos pela agricultura familiar. De acordo com a Emater, aproximadamente 40 agricultores familiares de Ouro Preto comercializam para 60 escolas públicas municipais, estaduais e federais. Fazem parte do cardápio das escolas produtos da agricultura familiar como hortaliças, frutas, fubá, mel, pães e biscoitos.

Outro trabalho de destaque está na comunidade rural Maciel, a 32 quilômetros da sede de Ouro Preto. A Emater-MG presta assistência a um grupo de artesãs que produzem peças em tecido, com referência à história centenária de Ouro Preto. Foi elaborado um projeto de capacitação em design para aprimorar a qualidade dos produtos e ampliar a venda para os turistas que visitam a cidade.

compartilhe