Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 6,29
Dólar R$ 5,55
Sol com muitas nuvens. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
Belo Horizonte
30º 17º

Rússia garante exportação de fertilizantes ao Brasil

Fosfatados e potássicos estão garantidos, segundo ministra Tereza Cristina

Ministra e vice-presidente da Acron
Vice-presidente da Acron, Vladimir Kantor, garantiu o aumento de 10% das exportações de fertilizantes para o Brasil. (Foto: Mapa)
Washington Bonifácio
18 de novembro de 2021
compartilhe

O governo da Rússia e empresários do setor de fertilizantes receberam, nesta semana, a ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Mapa) em Moscou, para falar sobre o fornecimento de fertilizantes para o Brasil. Durante as conversas, todos garantiram que não vão deixar de cumprir os contratos de fornecimento de fertilizantes ao país, com possibilidade de aumentar o volume de exportações.

“Tivemos aqui a garantia, tanto do governo russo quanto das empresas de fertilizantes, de que nós não teremos problemas com a entrega de fertilizantes, tanto de potássio quanto dos fosfatos”, anunciou a ministra.

Em nota divulgada pelo Ministério da Agricultura, o Ministro do Desenvolvimento Econômico da Rússia, Maksim Reshetnikov, assegurou a manutenção do fornecimento ao Brasil de fertilizantes de potássio e fosfato e, se possível, aumento de exportações para a próxima safra.

“O ministro reforçou que o Brasil é um parceiro estratégico e que podemos ficar absolutamente tranquilos com o fornecimento de potássio e fósforo”, comemorou Tereza Cristina, após o encontro.

Brasil e empresas russas

No encontro a ministra brasileira conversou com vários empresários do setor, entre eles o vice-presidente da produtora global de fertilizantes minerais complexos Acron, Vladimir Kantor, que garantiu o aumento de, ao menos, 10% das exportações de fertilizantes para o Brasil. Ele também informou sobre o prosseguimento das negociações para a aquisição dos ativos da Petrobras da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados (UFN-3), em Três Lagoas (MS).

Ministra e CEO de empresa russa

Ministra com o CEO da empresa russa PhosAgro, Andrey Guryev – (Foto: Divulgação)

O CEO da empresa russa PhosAgro, Andrey Guryev, também garantiu o fornecimento de fertilizantes ao Brasil.

“O Brasil pode contar conosco como parceiro para garantir fornecimento de fertilizantes ao Brasil”, disse Guryev à ministra Tereza Cristina.

A ministra Tereza Cristina ouviu do CEO da EuroChem, Vladimir Rashevskiy, planos de investimentos da empresa no Brasil para aumento da produção nacional de fertilizantes. A EuroChem é líder mundial na produção de fertilizantes nitrogenados, fosfatados e potássicos.

A Rússia representa cerca de 20% do total de fertilizantes importados pelo Brasil. A visita da ministra à Rússia acontece no mesmo mês em que a potência anuncia que vai restringir as exportações de fertilizantes nitrogenados, a partir de dezembro de 2021 até  maio do próximo ano.

Leia mais:

Poder de compra do cafeicultor é o pior em 10 anos

compartilhe