Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 6,40
Dólar R$ 5,63
Chuvoso durante o dia e à noite.
Belo Horizonte
22º 18º

Universidade é destaque mundial em pesquisas sobre café

Artigo “Tendências Globais em Pesquisa Agronômica do Café” foi publicado em uma das principais revistas científicas do mundo

(Foto: Reprodução/NECAF UFLA)
Guto Moreira
8 de janeiro de 2022
compartilhe

A Universidade Federal de Lavras (UFLA) apareceu recentemente em uma publicação internacional que considerou pesquisas cafeeiras de universidades e institutos de pesquisa de todo o mundo. Trata-se do artigo “Global Trends in Coffee Agronomy Research” (“Tendências Globais em Pesquisa Agronômica do Café”), publicado na Agronomy, uma das principais revistas científicas do mundo, que considerou o Brasil e a UFLA destaques pelo grande número de publicações sobre café e também pelo número de citações.

Os pesquisadores mais destacados em publicações sobre café no mundo foram Paulo Tácito Gontijo Guimarães (da Epamig), Philippe Lashermes (do IRD, na França), Rubens José Guimarães (professor titular do Departamento de Agricultura da UFLA), Antônio Nazareno Guimarães Mendes (da UFLA) e Gladyston Rodrigues Carvalho (também da Epamig). Os pesquisadores da UFLA, Rubens e Antônio Nazareno, foram, respectivamente, responsáveis por 18 e 17 publicações sobre o tema.

“Somos, hoje, mais de 100 professores e pesquisadores com atuação em café, praticamente em todas as áreas do conhecimento. Ao longo dos últimos 25 anos, foram qualificados milhares de estudantes, profissionais graduados, especialistas, mestres, doutores e pós-doutores em café, e foram gerados conhecimentos, tecnologias e inovações que têm contribuído para o desenvolvimento sustentável dos cafés do Brasil”, falou Nazareno.

Também contribuíram para o estudo, a Universidade Federal de Viçosa (UFV), o Cirad (de Paris e Montpellier, na França), a Universidade de São Paulo (USP), o Catie (da Costa Rica e de outros países), a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), a Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), a Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e a Universidade Estadual Paulista (UNESP).

compartilhe