Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 5,27
Dólar R$ 5,06
Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
Belo Horizonte
28º 14º

Campanha antirrábica começa no dia 16 na Zona Rural de Juiz de Fora

Campanha segue até dia 3 de setembro; cidade não registra casos de raiva desde 1998

Cães e gatos são os principais transmissores da doença (Foto: Governo Federal).
Vivia de Lima
15 de maio de 2022
compartilhe

A Campanha de Vacinação Antirrábica Animal na Zona Rural de Juiz de Fora terá início no dia 16 de agosto, conforme informou a Prefeitura da cidade, A campanha se estende até 3 de setembro e terá pontos fixos e móveis de vacinação contemplando toda a Zona Rural do município. A vacina antirrábica é recomendada para cães e gatos a partir de três meses de idade, com uma dose por ano.

De acordo com o setor de Zoonoses da Secretaria de Saúde, responsável pela campanha, serão organizadas duas equipes compostas por seis agentes de combate às endemias. Cada um percorrerá rotas estrategicamente programadas para contemplar a totalidade da Zona Rural de Juiz de Fora.

Para isso, estarão disponíveis pontos fixos, correspondentes às áreas externas das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), igrejas, campos de futebol, entroncamentos, escolas, trevos, dentre outros locais bem conhecidos pela população e de fácil acesso. Pontos móveis também serão disponibilizados, conhecidos como “busca ativa”, eles farão visitas a sítios, fazendas e propriedades rurais e de difícil acesso.

Segundo o Ministério da Saúde, a vacinação contra a raiva em cães e gatos é essencial em função destes animais serem os principais transmissores da doença para o ser humano. Por mais que o município de Juiz de Fora não registre casos de raiva em cães e gatos desde 1998, ainda ocorrem muitos casos da doença em bovinos e equinos, frequentemente na Zona Rural.

Na cidade, o Hospital de Pronto Socorro (HPS) é o local de referência em casos de mordidas/arranhões de cães, gatos e outros animais possivelmente contaminados. O serviço de soroterapia do HPS é referência no tratamento antirrábico na região, para que se avalie a necessidade de aplicação de vacina e/ou soro antirrábico. Esse é um procedimento que representa outra importante ação na prevenção da doença, além da vacinação dos animais.

 

compartilhe