Patrocínio Logo TV Alterosa
Euro R$ 6,25
Dólar R$ 5,33
Sol com algumas nuvens. Não chove.
Belo Horizonte
34º 19º

Queijo de Valadares ganha ouro em evento na França

A Ribeiro Fiorentini concorreu com 940 queijos de 46 países

Queijo Valentina vencedor
Minas Gerais seguiu na liderança com 40 medalhas. (Foto: Ribeiro Fiorentini)
Washington Bonifácio
17 de setembro de 2021
compartilhe

Os melhores queijos do mundo são expostos a cada dois anos no Mondial du Fromage et des Produits Laitiers, importante premiação dedicada aos profissionais do setor lácteo, na cidade de Tours, na França. Neste ano, o  Brasil, sozinho, concorreu com quase 20% dos queijos e levou a mesma proporção de prêmios: foram 331 medalhas concedidas no total.

Bancada avaliativa

Bancada avaliadora do concurso (Foto: Divulgação SerTãoBras)

A associação SerTãoBras, trabalha pela valorização do queijo artesanal brasileiro. Ela foi a responsável pela organização do envio de 183 queijos de 57 produtores. Ao todo, concorreram 940 queijos de 46 países.

Queijeiros de Minas Gerais, São Paulo, Pará, Goiás, Mato Grosso do Sul e Paraná, participaram da disputa. Minas Gerais seguiu na liderança com 40 medalhas, depois veio São Paulo, com 15.

Premiado de Governador Valadares

Governador Valadares, no Leste do estado, tem um dos melhores queijos do concurso: o Valentina na categoria ouro. Na categoria prata estão o Giovana, o Solera e o Ribeiro Fiorentini.

Queijo Valentina ganhador do Ouro

Queijo Valentina com quatro meses de maturação. Levou ouro no concurso francês. (Foto: Ribeiro Fiorentini)

A Izabela Dias Fiorentini é fisioterapeuta. O marido dela, Wagner Ribeiro de Oliveira é engenheiro elétrico. Ela contou, em entrevista ao Uai Agro, que começou a fabricar queijos durante a greve de caminhoneiros, em 2018.

“A gente estava numa situação desesperadora. Estávamos com 4 mil litros de leite no tanque e não tinha como doar ou vender. Estava tudo parado. Eu falei que iria fazer queijo. Eu não iria abrir o tanque e jogar o leite fora como muitos fizeram. Meu vaqueiro achou que eu estava louca”, brincou.

Ela fez as primeiras 30 unidades de queijo frescal e durante o atendimento de um paciente, levou os queijos e vendeu todos. Naquele dia começava a história da Ribeiro Fiorentini.

“Eu comecei a receber muita mensagem do pessoal elogiando. A greve acabou no dia seguinte. Mas nós nunca mais paramos de fazer queijos. Buscamos conhecimento. Fizemos curso e chegamos aonde a gente está hoje”, revelou.

A empresa ganhou nome de Ribeiro Fiorentini que foi a maneira de unir os dois sobrenomes do casal. A fábrica é artesanal e familiar. Tem o queijo meia cura com ciclo de produção de 7 a 10 dias e tem o queijo que fica maturando até quatro meses.

Os premiados deste ano levam os nomes das filhas do casal Valenina(Ouro) e Giovana(Prata). Além dos dois, o Solera e o Ribeiro Fiorentini também levaram medalha prata.

Queijo Giovana

Este é o queijo Giovanna que conquistou a medalha de prata. (Foto: Ribeiro Fiorentini)

“O diferencial dos nossos produtos é que a gente tem plena convicção que o queijo começa a ser produzido lá no pasto. Antes de começar a fazer os queijos nos especializamos em pecuária leiteira. Nós temos um leite de muita qualidade. O nosso diferencial começa com a qualidade do leite. Lógico que com produção diferenciada, higiene, maturação com temperatura e umidade controladas a gente consegue finalizar com excelentes queijos”, disse Izabela.

Queijo solero

Este é o queijo Solera que também conquistou medalha de prata (Foto: Ribeiro Fiorentini)

Ranking

O Brasil conquistou cinco medalhas super ouro, 11 de ouro, 24 de prata e 17 de bronze. Confira a relação completa dos ganhadores nacionais.

Super ouro

Queijo Minas Artesanal Quilombo Na Cachaça – Ivacy Pires Dos Santos
Canastra do Ivair – Reserva  – Ivair José De Oliveira
Queijo Santo Casamenteiro – Laticínios Cruzília
Queijo Mandala 12 Meses – Pardinho Artesanal
Queijo Canastra Serjao Maturado 100 Dias – Sergio De Paula Alves

Ouro

Primavera Silvania – Camila Almeida Alves
Serrinha Serveja – Camila Almeida Alves
Bem Brasil Extra Maturado – Carolina Vilhena Bittencourt
Sinhana Mons Cremeux – Holorico Soares Costa
Queijo Valentina – Izabela Dias Fiorentini
Foguin – Joao Vicente Rodrigues Borges
A Lenda – Laticínios Cruzília
Gregorio – Maristela Nicolellis
Queijo Artesanal Jm Resinado – Marlucy Leite
Queijo Cuestinha 2 Meses – Pardinho Artesanal
Queijo Artesanal Fazenda Bela Vista Premium 60 – Renato De Souza e Thaylane

Prata

Queijo Maria Nunes 30 Dias – Christiane Nunes
Queijo Moria Nevada – Fabrizio Machado
Dolce Bosco – Heloisa Collins
Queijo Minas Artesanal Quilombo Casca Lavada – Ivacy Pires Dos Santos
Queijo Ribeiro Fiorentini 120 Dias – Izabela Dias Fiorentini
Queijo Giovanna – Izabela Dias Fiorentini
Queijo Solera  – Izabela Dias Fiorentini
Manto da Serra – Laticínios Cruzília
Queijo Alagoa Fumacê – Marcio Martins De Barros, Queijo D’alagoa/Mg
Queijo Araucária – Marcio Martins De Barros, Queijo D’alagoa/Mg
Da Lenda Ibitira – Marco Paulo Quirino Costa
Qma do Gir Da Lenda – Marco Paulo Quirino Costa
Queijo Santa Clara Dourados Casca Florida 30 Dias – Maria Aparecida Machado Pereira e Dalmo Pereira
Queijo Santa Clara Dourados Casca Florida 45 Dias – Maria Aparecida Machado Pereira e Dalmo Pereira
Dona Iaiá Casca Florida 90 Dias – Marilia Simoes Jorge
Queijo Mana Concafé 30 Dias – Marisa Alexandre Martins e Leomar Melo Martins
Fernão – Maristela Nicolellis
Tropeirinho – Maristela Nicolellis
Senzala Vulcão – Marly Leite
Queijo Cuesta 8 Meses – Pardinho Artesanal
Queijo Cuesta 10 Meses – Pardinho Artesanal
Queijo Garrafão – Rita De Cassia Ribeiro Menezes
Queijo Canastra Serjao 18 Dias – Sergio de Paula Alves
Santuário do Mergulhão Queijo Minas Artesanal 50 Dias – Silmar de Castro Mota

Bronze

Marandu – Claudia Mendonca Camargo
Requeijão Caipira Raspas do Tacho Jeito De Mato – Diego Trevizan Livorati
Queijo Canastra Sinhana 240 Dias – Holorico Soares Costa
Queijo Rosário Mineiro Tropeiro – Itamar Pereira Dos Santos
Canastra do Ivair – Ivair José De Oliveira
Canastra J&C 90 Dias – Jadir da Costa Pereira
Queijo Canastra do Johne – Johne de Castro
Queijo Bicas Da Serra Tradicional – Jose Orlando Ferreira Junior
Serra da Mantiqueira    Bronze – Laticínios Cruzília
Queijo Art De Alagoa Faz Rio Acima 150 Dias – Leandro Siqueira Chaves
Queijo Maturado Santana 120 Dias – Lindomar Santana Dos Santos
Queijo Fazenda Santo Antônio 60 Dias – Marcos Vinicius Mendes
Queijo do Marajó Creme (Tradicional ) Búfala – Marcus E Cecilia Pinheiro, Faz São Victor
Canastra Matinha Do Ouro 60 Dias – Otinho e Eliane Freitas
Queijo Juá Casca Florida 40 Dias – Paulo Henrique Costa Fonseca
Barão da Canastra Casca Florida – Rogerio Julio Soares Ferreira

 

compartilhe